Não confie apenas na descrição do corretor ao negociar um apartamento na planta, visite o apartamento na planta durante toda a construção

Se depois de muito planejamento você decidiu comprar um imóvel na planta, é preciso ficar atento para fechar um bom negócio. Segundo Arnaldo Kohl, da Imobiliária Plátano, as pessoas optam por comprar na planta por ser uma forma geralmente mais em conta, basta ter uma entrada e depois você vai amortizando a parcela ao mesmo tempo em que a obra está em andamento. “Se há condições de financiar todo o imóvel, terá apenas custo da atualização dos índices da construção civil, não incidindo juros e correção.

“A documentação é por conta da construtora. O custo do comprador é o da escritura no Registro de Imóveis e ITBI.” Como você não vai comprar um empreendimento pronto, informe-se sobre a idoneidade da construtora, verifique se eles cumprem o prazo de entrega e o que foi prometido; Imóveis na planta sempre correm risco de não serem entregues, portanto, você deverá pagar menos para aceitar esse risco; Avalie o memorial descritivo da obra: qualidade dos materiais e dos equipamentos que serão usados, como azulejos, pias, metais, elevadores, interfones, etc.; Há empreendimentos que serão entregues prontos, com piso, gesso, etc., faltando apenas mobiliar. Mas ha construtoras por exemplo que não colocam piso nos dormitórios.

Correção do INCC

É importante lembrar ainda que na hora da entrega das chaves, você deverá quitar totalmente o imóvel ou usar um financiamento. O ideal é pagar integralmente a dívida ou pagar o máximo que você puder, pois, durante o período da construção, todas as parcelas não pagas sofrerão correção do INCC – Índice Nacional da Construção Civil; Programe-se para pagar as parcelas intermediárias. Reserve 3% do valor do imóvel para o pagamento das despesas de cartório e Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI); Cuidado com os planos em que o valor da entrada e das parcelas é muito baixo. Na hora da entrega das chaves, é possível que você tenha de pagar um valor muito alto. *Fonte: Caixa Econômica Federal

Comprar na planta geralmente é mais em conta

Imprevistos podem ocorrer

Arnaldo Kohl, da Imobiliária Plátano, observa que também é importante não comprar com orçamento apertado. “Qualquer compra de imóvel é um negócio a longo prazo e imprevistos podem ocorrer”, aponta. Segundo ele, um dos maiores riscos de comprar imóvel na planta se dá na entrega da obra, pois quando você compra o imóvel ainda está em construção, e o prazo estabelecido par a conclusão pode não ser cumprido. “Na maioria das vezes várias unidades do empreendimento são vendias literalmente na planta, ou seja, nem terraplanagem foi feita, sabe-se só onde será a obra. “O risco da construtora quebrar e não conseguir terminar é o maior medo de quem adquire o imóvel na planta”, destaca.

Comprar na planta, uma proposta mais barata e menos burocrática, mas que pode oferecer riscos