A manutenção dos painéis pode ser feita uma a duas vezes/ano

Cada vez, mais empresas e residências estão optando por instalar sistemas de geração de energia solar, a energia proveniente da luz e do calor do sol que é aproveitada e utilizada por meio de diferentes tecnologias, principalmente como o aquecimento solar, energia solar fotovoltaica, energia heliotérmica e arquitetura solar. “A luz solar e a energia solar são consideradas fonte de energia renovável e sustentável”, explica André Heck, da Energias da Natureza.

A energia solar fotovoltaica é hoje a fonte de energia limpa que mais cresce no mundo. Ela usa materiais semicondutores como o silício cristalino para converter a luz solar em energia fotovoltaica (Energia solar elétrica). A energia fotovoltaica existe há mais de 100 anos e hoje é utilizada para gerar energia elétrica para milhares de residências e indústrias no mundo. Para ela ser aproveitada para gerar energia elétrica para casas e empresas, as células fotovoltaicas precisam ser montadas dentro de um painel solar, visando proteção e durabilidade, e por sua vez, este painel solar, será conectado em outros painéis em um sistema solar fotovoltaico, composto por Painéis solares, inversor solar, sistema de fixação das placas solares, cabeamentos, conectores e outros materiais elétricos padrões.

Forma de economia

Para quem tem dúvidas sobre o valor de um investimento nesse sistema, a energia solar é uma excelente forma de economizar dinheiro! Isso mesmo, quem utiliza energia solar térmica, fotovoltaica ou mesmo iluminação natural, economizará milhares de reais (R$) todos os anos. André cita como exemplo: um sistema fotovoltaico de 6kWp economizará para o seu dono por volta de R$ 250.000,00 ao longo de 30 anos de sua vida útil. “Sim, o investimento inicial é alto, porém a quantidade de dinheiro que o sistema vai lhe economizar ao longo de sua vida útil mais que compensa este investimento.”

Qual o custo da manutenção?

O custo de manutenção de painel fotovoltaico é praticamente zero, aproximadamente 0,5% ao ano do valor inicial do sistema. A manutenção dos painéis pode ser feita uma a duas vezes/ano. Limita-se a uma limpeza das placas (quando for necessário) com água da chuva e uma esponja não abrasiva. A frequência de limpeza dependerá do nível de poeira, de poluição, da quantidade de árvores, da presença de pássaros e insetos, da ocorrência de chuvas. Quando falamos de poeiras e sujeiras mais leves ou pouco aderentes, na maioria dos casos, a própria chuva realiza a limpeza. Para isso, é necessário que os painéis estejam dispostos com uma inclinação mínima de 10 graus. Inclinações inferiores a 10 graus dificultam a autolimpeza realizada pelas chuvas.