Conecte-se conosco

Destaques

Caso Bruna: família registra boletim de ocorrência contra o hospital

20/02/2020 - 17h18min

Atualizada em 20/02/2020 - 17h21min

Estância Velha – Um boletim de ocorrência foi registrado contra o Hospital Getúlio Vargas, pela família da estanciense Bruna Marcela Bonifácio, na tarde desta quinta-feira (20). No documento, o caso será investigado como homicídio culposo – quando não há a intenção de matar – e negligência médica.

Um câncer acabou levando a jovem à morte em 11 de fevereiro, aos 29 anos. De acordo com a família, a triste história poderia ter sido evitada, caso ela tivesse recebido tratamento médico adequado. Familiares denunciaram um caso de negligência do sistema de saúde de Estância Velha, que tratava como problema psiquiátrico as dores sentidas por Bruna, enquanto um tumor se espalhava dentro de seu corpo.

Silêncio da Prefeitura

A administração municipal, por meio do diretor do Hospital Getúlio Vargas, Ismael Nervo, continua adotando o silêncio. “O prontuário médico da paciente é sigiloso, assim como todos os dados de atendimentos contidos nesse. Por isso a direção e equipe do hospital não pode se manifestar acerca dos mesmos”, comunicou.

FIQUE POR DENTRO DO CASO: