Conecte-se conosco

Destaques

Clientes poderão se servir em restaurantes com uso de luvas em Morro Reuter e Dois Irmãos

21/05/2020 - 17h09min

Atualizada em 22/05/2020 - 14h25min

Morro Reuter / Dois Irmãos – A regra já vale desde quinta-feira, dia 21. Em uma ação conjunta das prefeituras, os restaurantes de Dois Irmãos e Morro Reuter podem oferecer buffet, com a condição de disponibilizar luvas para os clientes se servirem. Até então, a determinação do decreto do Governo era de que o próprio restaurante servisse.

A prefeita Carla Chamorro destaca que é uma medida provisória. “Nós vamos avaliar. Tudo é provisório. Se dar certo, tudo bem. Se não, voltamos atrás de novo. Foi dada essa nova opção para que os restaurantes tenham menos prejuízo, e eles precisam avaliar o benefício disso”, destacou.

Trabalhadores

Carla frisou também que outra questão é o movimento que tem ao longo da semana para evitar filas e aglomerações de trabalhadores que tem um limite de tempo. “É para minimizar o problema. O fato de o restaurante servir dá mais segurança para o cliente, a questão é que durante a semana os restaurantes atendem os trabalhadores e eles não tem tempo: da fila, aglomerações e, em função disso, se criou essa possibilidade, mas na condição que também estejam preservando o cliente”, destacou.

Flexibilizando

A prefeita Tânia explicou que, como Dois Irmãos permanece com três casos e ambos recuperados, foi possível adotar novas medidas, flexibilizando, aos poucos, o atendimento. “As alterações que fizemos serão fiscalizadas não só pela Prefeitura, mas pela comunidade também. E para que funcione a comunidade precisa realmente seguir, caso contrário não vai dar certo”, destacou, se referindo ao uso de luvas.

Luvas e máscara

Tânia reforça que todo estabelecimento precisa disponibilizar luvas descartáveis e, ao final do buffet, deve ter uma lixeira com pedal, na qual o cliente possa descarta-la e, também, passar álcool em gel. Ao se servir novamente, pega uma luva nova.

“Também vale destacar a obrigatoriedade do uso de máscaras; é inadmissível entrar em um estabelecimento sem. É obrigatório usar ao se servir e, na hora de comer, pode tirar”, destacou.

Adesão da comunidade

A prefeita Tânia ressalta que é fundamental a adesão da comunidade. “É uma proteção tanto para o cliente como para quem trabalha nesses estabelecimentos”, disse. Reiterou que “se não tiver a colaboração de todos, podemos voltar atrás de novo. Cada semana temos reuniões e vamos reavaliando como está a situação. Tivemos algumas amostragens que deram negativo e, semana que vem, vamos avaliar de novo, e assim vamos vivendo um dia após o outro”, concluiu.

 

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *