Conecte-se conosco

Coluna Estância Velha

Estância Velha anuncia piso nacional para os professores e investimento zero na educação

Os professores da rede municipal participaram da abertura do ano letivo, recebendo a notícia de que o município vai acatar o aumento do Ministério da Educação e pagar o piso nacional aos professores. Fico feliz pela valorização dos nossos professores. Só não entendi porque quem divulgou isso foi a ex-secretária da Educação Marly Arigony. Depois de iniciar o discurso em tom de desânimo, deu um desfecho midiático, com o anúncio. Isso mesmo, nem a atual secretária Rosane Dalpiaz, nem a prefeita Ivete Grade. No mínimo curioso.

INVESTIMENTO ZERO?

Também escutei comentários, de que a ex-secretária teria afirmado que, por conta do aumento de salário dos professores, o Fundeb estaria 100% comprometido. Então, devemos deduzir que o ano será sem investimentos e manutenção na educação? Sinceramente, eu espero que alguém desminta isso. É maravilhoso saber que os nossos professores serão valorizados (merecem), mas como eles vão desempenhar as suas funções com qualidade, quando surgir alguma manutenção necessária, e escutarem que não tem dinheiro para realizar a melhoria. Como vão agregar qualidade sem a compra de equipamentos e material pedagógico. Esta semana estaremos tratando do tema com as partes interessadas.

BANHEIROS

A sujeira nos banheiros públicos anda irritando os frequentadores das praças da cidade, com toda razão. Será que a Prefeitura não tem uma pessoa que possa ficar encarregado de manter o local limpo? Estamos falando da Praça 1º de Maio, Praça Walter Bauermann (Hollywood) e ainda no paradão. Uma pessoa apenas daria conta de todos os locais, por estarem localizados perto um do outro. Acho que falta um pouco de habilidade e boa vontade, neste caso. Se é para ter banheiros sem condições de uso, fechem as portas. Muito irritante a pessoa precisar utilizar o local, e nem conseguir entrar por conta da sujeira.

INIBIR

Bom, aí vai ter gente dizendo que quem suja são os próprios cidadãos que usam. Concordo, mas, a simples presença de uma pessoa no local, iria inibir o mau uso. Se queremos fazer parte de rotas turísticas, precisamos rever este assunto, além do mais, oferecer qualidade de vida à comunidade, é fundamental para que as pessoas se sintam bem por aqui, tanto moradores como visitantes.

SAINDO DO PAPEL

A sementinha foi plantada e parece germinar. O assunto “paradas de ônibus” está sendo tratado com muito carinho por algumas pessoas da sociedade. Independente de cores partidárias, me parece que a intenção é de que o projeto saia do papel e tenha um efeito visual e prático. Estou acompanhando bem de perto e em breve terei novidades sobre o assunto. Só posso adiantar, que as ideias são boas, estão sendo aperfeiçoadas, e vão realmente beneficiar a todos os moradores da nossa cidade.

Que tenhamos todos uma semana abençoada