Feira do Mel

Hoje o assunto é sobre a Feira do Mel, Rosca e Nata, que transcorreu no final de semana e continua no próximo. Nem me lembro de quem surgiu a ideia de promover esta Feira todos os anos no mês de maio. Só sei que esta pessoa tem que receber o título de Cidadão Honorário de Ivoti. Alô vereadora Marli, está aí uma boa dica para você indicar alguém que merece mais do que ninguém o título de Cidadão Honorário de Ivoti. A Feira do Mel, Rosca e Nata é essencialmente uma Feira para as famílias. Não tem show de música, não tem atrações comuns a outras festas que acontecem o ano inteiro. Ela é uma Feira de vendas. E não só vendas de mel, rosca e nata. Ela é uma Feira onde as dezenas de expositores vendem de tudo. É lógico que as pessoas são atraídas para comprar mel, rosca e nata. No entanto, encontram naquele espaço de tudo e vão embora com sacolas de produtos. O núcleo de casas de enxaimel de Ivoti é lindo, tem ar europeu, espaçoso, ali as pessoas respiram ar puro.

ABERTURA

A solenidade oficial de abertura da Feira do Mel aconteceu na manhã de sábado, às 10 horas, num espaço criado para esta finalidade. Estava tudo perfeito, com exceção de um único senão. A solenidade se estendeu demais. Não dá para deixar os que fazem parte do palanque parados de pé mais de uma hora. Além da demora, tem o detalhe de que as vezes tem ali pessoas idosas que não aguentam ficar tanto tempo parados de pé. Uma das pessoas disse que sentia dor nas costas devido ao tempo excessivo parada de pé. Foi uma falha que deve ser corrigida para o próximo ano. Uma solenidade como esta não deve durar mais do que 45 minutos. E olha lá. Em 45 minutos tem que liquidar o assunto. Um tempo de um jogo de futebol.

DUAS COISAS

Duas coisas me chamaram mais a atenção naquele momento. O terno usado pelo prefeito e o da presidente da Câmara de Vereadores. Martin estava mais impecável do que um presidente da República quando toma posse. E Marli vestia um vestido vermelho que chamou mais atenção do que aquela natureza exuberante do núcleo. E os dois não se desgrudaram em nenhum momento. Sempre que podia Marli estava junto do chefe do Executivo. Já nem sei mais se ela é situação ou oposição. Começou esta legislatura sendo oposição. No meio dela não é nenhuma coisa tampouco outra. E no final dela provavelmente será situação. Além de Marli, estavam lá Chicão, Ronei, Rafaela, Pires e Russo entre os vereadores. No palanque só Marli, Borracheiro e Satoshi. Na verdade, só estou citando quem eu vi. Se estavam no palanque ou não não sei. Só não foi visto lá o vereador Marcio Guth. Não deve ter comparecido no final da manhã de sábado. Naquele momento ali o vereador, como parlamentar e que tem a incumbência de legislar, precisa comparecer e não pode se ausentar.

DE FORA

De fora vieram os deputados Dalciso Oliveira e Elton Weber, além de uma deputada nova, em primeiro mandato, cujo sobrenome é Bayer. A irmã dela, deputada federal, também prestigiou o evento. e duas deputadas novas. Portanto, quatro deputados e os prefeitos de Linha Nova, Henrique Petry, Carla Chamorro, de Morro Reuter e William Winck, de Lindolfo Collor.