Conecte-se conosco

Colunistas

Hortêncio: tudo é festa do aipim

O evento é só em abril mas está clara a empolgação no município. A XVIII Festa do Aipim é o assunto do momento e até a abertura, que ocorre no dia 17, a Prefeitura corre contra o tempo para deixar tudo nos conformes. Desde a semana passada, a procura pelos estandes está alta e há uma boa expectativa de fechar os 48 espaços rapidamente. Não há mais estande para alimentação e há 10 espaços comerciais fechados.

NOVIDADES A FRENTE

Neste sábado, 29, a corte da festa vai tirar fotos para os materiais oficiais de divulgação, e na outra sexta-feira, 6, será revelada a tão aguardada programação da festa, que já está fechada e promete trazer grandes atrações!

A ESTRUTURA

O evento terá uma estrutura similar ao da edição anterior. No interior do Ginásio Municipal haverão os estandes voltados para indústria e comércio. Do lado de fora, teremos os espaços de alimentação e para a agroindústria familiar. A estrutura também será composta de palco, pista de dança, parque de diversão. Há possibilidade remota de termos o famoso pavilhão, construído com verba federal. Ah! E do lado do ginásio, ainda haverá a corrida de jipeiros na lama.

DANIFICOU, PAGOU

Ainda sobre os expositores no interior do ginásio, uma norma foi baixada pela organização do evento que acende uma luz alta para quem for expôr no espaço. Está vedado o uso de pregos, grampos, tachinhas e fitas para afixação de qualquer material no interior do ginásio. O motivo é bem simples: o espaço passou por reformas recentemente e a Prefeitura deseja manter o local desta forma por muito tempo. Com cheirinho de novo! Quem desobedecer pagará uma multa de mil reais. No mais, toda a quadra e corredores serão forrados com tapetes. Melhor prevenir, né?

AMEAÇA AFASTADA

E por muito pouco não tivemos o produto símbolo da festa ameaçado. Em razão da estiagem que assola o Estado desde o fim do ano passado, o aipim quase teve um subdesenvolvimento considerável. A produção já estava atrasada em 40 dias quando as recentes chuvas trouxeram um pouco de alento e pôde gerar uma raiz vistosa. Já pensaram? Festa do Aipim sem aipim?

CITROS AFETADOS

E seguindo no assunto estiagem, não foi só para o aipim, milho e folhosas que o tempo seco foi cruel. Foi perceptível o subdesenvolvimento da citricultura nas propriedades rurais, em especial no limão taiti, laranja do céu e nas bergamotas montenegrina. Entre segunda e terça-feira choveu 57 milímetros em Hortêncio e assim, devagarinho, vamos revertendo o quadro. O lado bom é que o pior já passou.

LEMBRETES

Três lembretes rápidos: nesta sexta-feira, 28, teremos o início do Campeonato Feminino de Futsete no Parque Municipal. Já na segunda-feira, 2, teremos a volta da Câmara. E com a grande novidade: sessões às segundas-feiras. E por fim, o Piquete Gurizada Campeira terá curso de danças gaúchas de salão com início no dia 14. Informações com Nilmar pelo fone (51) 99894-1249.