Morro Reuter

Por: Cândido Nascimento

APRESENTAÇÃO

Em primeiro lugar quero me apresentar a vocês, leitores que nos honram diária e semanalmente acompanhando as notícias e colunas do Diário em Morro Reuter. Moro em Novo Hamburgo e tenho quase uma década de Diário. Conheço praticamente todos os municípios da região de abrangência. Procuro me dirigir pela imparcialidade, a não ser que seja um caso gritante de desumanidade praticada pelo ente público, como o não atendimento de um paciente idoso às portas da morte.

OUVIR

Eu gosto de ouvir as pessoas, saber o que elas pensam sobre este ou aquele assunto. Foi o caso da enquete realizada na cidade sobre o que consideram o melhor investimento do dinheiro público. A maioria das 15 pessoas ouvidas aleatoriamente opta por dar continuidade a uma obra parada há quase duas décadas. Até aí tudo bem!

O QUE É MAIS SENSATO?

Qual seria a melhor opção para um caso semelhante a esse? Dar seguimento à construção de um prédio como o Múltiplo Uso, parado há 17 anos, abandonado às traças? Ou seria mais sensato adquirir o prédio do Sindicato dos Sapateiros, que, devido ao desemprego e pela redução da categoria, a direção da entidade precisa vender?

REAIS INTERESSES?

É evidente que existem interesses nas três pontas dessa situação triangular. A prefeita Carla quer continuar uma obra parada, reduzir gastos com aluguéis da Câmara e da Biblioteca. O presidente da Câmara, Daniel, e alguns vereadores defendem a autonomia do Legislativo, comprando um local próprio, pago com dinheiro público, enquanto o Sindicato dos Sapateiros quer se desfazer de um prédio cuja categoria diminuiu em quase dois terços, de mil a 1.500 associados para cerca de 400, devido à crise. Que prevaleça o bom senso e o desejo da maioria.

IMPARCIALIDADE

Ontem falei com o dirigente sindical Luis Eduardo Schneider, o qual comentou que o Diário foi imparcial e mostrou os dois lados da moeda nesta polêmica.

RÁPIDAS

Já estão à disposição no setor de tributos da Prefeitura as taxas de fiscalização, vistoria sanitária, sanitário de veículos e ISS Fixo, para as empresas.

– Na semana passada, a prefeita recepcionou as serventes e merendeiras do município. As aulas começam no dia 19 de fevereiro.

– A Prefeitura quer incentivar o empreendedorismo, por isso, fez parceria com o Sebrae para visitar pequenas empresas e fazer orientações quanto à gestão.

– Quem quiser se associar à Associação dos Universitários deve ir à reunião hoje, às 19h30, para obter 50% de auxílio nas passagens, já que a Prefeitura repassa R$ 75 mil.

– A Prefeitura conseguiu 10 microaçudes para agricultores, em uma parceria feita com o Estado.

– Os moradores que estão em dia com impostos podem ganhar subsídio de 25% na internet, basta contatar a Prefeitura, que informa o seguinte: desta vez a internet é de melhor qualidade, de 2 e 6 Mbps.

– Produtores rurais, avicultores e quaisquer detentores de animais devem declarar anualmente seu rebanho até 31 de maio, na Emater.