Que Deus abençoe esta família

Ontem foi um dia triste em Estância Velha. Uma família do bem, de gente batalhadora, simplesmente destruída pela ganância, pela violência que nos assola. Um pai e um filho tiveram suas vidas ceifadas por bandidos. Leomar teria reagido, alguns criticam. Quem sabe a reação de cada um neste momento de medo misturado com raiva? Pelas imagens Fernando tentou impedir o pai e também foi atingido. Só passando por uma situação dessas é que podemos dizer se reagiríamos ou não. O que nos ensinam é não reagir, mas será fácil ver alguém mexendo nas nossas coisas, levando o nosso sustento, o sustento da nossa família?

LUTO

A verdade é que Estância Velha está chocada e de luto. Pela perda especialmente dos dois queridos Leomar e Fernando, e pela mãe e esposa que assistiu o triste fim dos seus entes queridos, mas muito mais pela impotência, pela incapacidade de entender como chegamos a este triste momento na nossa cidade. O quanto estamos inseguros a mercê de tanta violência. E principalmente como melhorar as coisas.

REVOLTA

Gente revoltada criticando todo mundo. Falando mal da Brigada Militar, da Polícia, da Guarda Municipal e até da Prefeitura. Estes órgãos de segurança trabalham bastante, muitas vezes sem as condições necessárias e com equipamentos nem de longe comparados aos marginais que andam armados com metralhadoras e armas somente encontrada nas forças armadas. Como eles poderiam prever uma coisa dessas? Como eles poderiam estar em todos os lugares ao mesmo tempo? Como encontrar o fio desta meada? Uma mudança profunda é necessária, por hora, só nos solidarizar com a família enlutada e desejar que Deus abençoe a todos.

MAIS AMOR

Neste momento de tristeza e dor só podemos pedir mais amor no coração das pessoas. Vamos plantar todos os dias uma sementinha de amor por onde passarmos. Quem sabe possamos salvar o futuro dos nossos filhos e dos nossos netos. Se a gente se revoltar e defender o uso de armas e violência, elas vão se alastrar de uma forma incontrolável.

RECLAMAÇÕES

Mudando de assunto, porque a vida segue e precisamos reagir (ou nos conformar, sei lá). Recebemos algumas reclamações sobre a questão de exames laboratoriais no hospital da cidade. Estamos trabalhando no assunto.

EMPRÉSTIMO

Deu entrada na Câmara na sessão desta semana, a solicitação do Executivo de autorização para contratar operação de crédito com o Badesul, ou seja, fazer um empréstimo para obras. O projeto baixou para a comissão para análise, porém alguns vereadores já se manifestaram no mínimo descontentes. Contratar empréstimo no 3º ano de mandato para inaugurar obra no 4º ano não pega bem. Parece coisa eleitoreira. De qualquer forma estaremos nos inteirando do assunto e em breve mais detalhes.