Conecte-se conosco

Geral

Desafio das aulas não presenciais, a reinvenção das escolas e dos alunos na era da COVID-19

22/05/2020 - 17h55min

(foto: Divulgação/PMDI)

Dois Irmãos – O isolamento social, medida necessária para conter a transmissão do coronavírus, resultou em mudanças no ensino das escolas municipais de Dois Irmãos, no aprendizado e no relacionamento entre profissionais da educação, alunos e pais.

Um momento desafiador para todos. Um momento de aprender o uso de novas ferramentas tecnológicas, para driblar a barreira do isolamento social e seguir as atividades do ano letivo.

Os materiais são enviados pelas equipes diretivas de cada escola e contemplam habilidades e competências previstas no Documento Orientador Curricular de Dois Irmãos (DOC-DI) e disponibilizados por meio de rede social, e-mail, WhatsApp da escola ou presencialmente nas unidades de ensino.

Mais de 7 mil pessoas já foram imunizadas contra a gripe em Dois Irmãos

A secretária Municipal de Educação, Cultura e Desporto, Denise Maria Maldaner, destaca a importância das atividades não presenciais em tempos de pandemia. “Cada unidade escolar está realizando o planejamento com atividades de acordo com a realidade de cada bairro. Destaco que os profissionais da educação estão engajados neste processo com o olhar ao aluno. As atividades não presenciais são uma forma de manter o contato com a escola, estudante e família, momento de empatia, união e colaboração”, destacou.

Na Escola Municipal 29 de Setembro, no Bairro Moinho Velho, as tecnologias já eram aliadas da equipe diretiva desde o início do ano letivo e o uso foi estendido para todo o grupo de profissionais. Dos 246 alunos, apenas 8 alunos não têm acesso a internet e recebem os materiais de forma presenciais na escola. Os demais alunos estão recebendo o material via Whatsapp e e-mail.

Segundo a diretora da Escola 29 de Setembro, Daniele Simone Arndt, estão sendo oferecidos conteúdos de forma interdisciplinar. O envio do material está sendo feito semanalmente. Está sendo enviado materiais como vídeos, textos e links com acesso a materiais extras. “Os materiais são disponibilizados de uma forma bem didática, principalmente com os anos iniciais. Estamos contentes com a receptividade dos alunos e pais com as atividades. Alguns alunos retornam as atividades imediatamente e outros até o prazo estipulado. A equipe de profissionais está empenhada para que as atividades sigam ocorrendo da melhor maneira possível”, conta a diretora.

Campanha do Agasalho e Alimentos do Cartel Colorado é adiada em Dois Irmãos

Famílias avaliam atividades não presenciais de forma positiva

Uma maneira diferente de aprendizado. Assim podemos definir parte do ano letivo de 2020 para as famílias e estudantes de Dois Irmãos. Com atividades não presenciais devido à pandemia os alunos da rede municipal de ensino seguem os estudos de casa.

A moradora do Bairro Moinho Velho, Gladis Simon, 44 anos, mãe dos dois alunos que estudam na Escola Municipal 29 de Setembro, Letícia Yasmim Simon e Mateus Eduardo Simom, explicou que esse momento é diferente de tudo que já vivenciou até hoje. “As atividades não presenciais são bem positivas. Os professores deixaram as atividades bem explicadas para cada turma. Em termos de aprendizado, antes os alunos tinham os professores e colegas para auxiliarem nas atividades e agora não”, disse Gladis, ressaltando que após o horário de trabalho ajuda os filhos nas atividades propostas.

Para a dona de casa, Silvia Bialoso, 36 anos, moradora do Bairro São Miguel, no início ela teve que se adaptar as rotinas de seu filho, João Vitor Bialoso, que também estuda da Escola Municipal 29 de Setembro. “O João está no 1ª ano e tem acompanhamento na APAE. Ele tinha uma agenda cheia durante a semana. Recebemos as atividades via WhatsApp e realizamos as tarefas pela parte da manhã, pois o rendimento dele é melhor”, explicou.

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *