Conecte-se conosco

Destaques

Dois Irmãos recebe 850 mil litros de água em caminhões por dia

04/05/2020 - 15h13min

Durante quase todo o dia, caminhões abastecem a cidade (Cred. Melissa Costa)

Dois Irmãos – Sem chuva significativa há mais de dois meses, a dificuldade de abastecimento se torna cada vez mais difícil. Nas últimas semanas, duas medidas de urgência foram tomadas pela Corsan. Uma delas é a desobstrução em pontos com água represada do Arroio Feitoria e o abastecimento com caminhão-pipa.

Segundo dados repassados pelo gerente da unidade do município, Oneide Castro, Dois Irmãos consome cerca de 5 milhões de litros por dia. Os caminhões-pipa representam 15% deste total, ou seja, cerca de 850 mil litros por dia. São 28 cargas de 31 mil litros de água cada em transportes que ocorrem entre às 5h da manhã e meia-noite. Inicialmente, a água era trazida de Sapiranga, e agora, está sendo de Estância Velha. “Em questão de logística, optamos pela busca dessa água em Estância Velha”, conta o gerente.

“Medidas no arroio é algo emergencial”

O restante do abastecimento é da captação, que a cada dia está mais difícil devido ao baixíssimo nível do arroio. “Nas últimas semanas, fizemos a desobstrução de cinco pontos ao longo do arroio e, nesta semana, teremos que tentar fazer a sexta ação. Nunca chegamos nesta situação em Dois Irmãos”, disse ele, pedindo que a comunidade economize água. “Essa medida no arroio é algo emergencial e se tornará cada vez mais difícil ao ponto que não chove. Hoje, para fazer a diferença no abastecimento, seria necessário chuva acima de 22 milímetros. Abaixo disso, praticamente não faz diferença”.