Árbitro Wagner do Nascimento Magalhães não viu pênalti a favor do Grêmio . (Foto: Geraldo Bubniak/AGB/Estadão).

O Grêmio fez uma reclamação formal e irá até a CBF para ouvir os áudios da comunicação do árbitro Wagner Magalhães e do árbitro de vídeo na análise de um suposto pênalti na derrota para o Athletico, na semifinal da Copa do Brasil, na semana passada. O clube pediu para ter acesso à conversa da equipe de arbitragem e será atendido.

O coordenador da Comissão de Arbitragem, Leonardo Gaciba, propôs que representantes do Grêmio ouvissem o conteúdo na sede da CBF.

O Grêmio reclama de um toque de mão de Wellington após desvio de cabeça de Pedro Geromel, em uma cobrança de escanteio aos seis minutos de jogo, na Arena da Baixada.

O árbitro Wagner Magalhães foi chamado para revisar o lance no monitor, na beira do gramado, e não marcou o pênalti reclamado pelo Tricolor.