Lateral foi apresentado nesta manhã no Beira Rio (Créd. Eduarto Deconto)

Rodinei evitou rodeios e foi direto ao ponto em sua primeira fala como jogador do Inter. Apresentado como reforço do clube após o treino da manhã desta segunda-feira, o lateral-direito explicou a opção por deixar o Flamengo para defender o Colorado. E mostrou logo de cara personalidade forte ao falar das críticas que recebeu nas redes sociais.

Após vestir a camisa colorada recebida das mãos do executivo Rodrigo Caetano e do vice de futebol Alessandro Barcellos, o jogador disse que aceitou “na hora” o convite do Inter. De acordo com Rodinei, ele optou pela mudança de ares para viver novo desafio pelo Colorado.

“Eu tive a escolha de vir para o Inter. Estava no Flamengo desde 2016, graças a Deus em 2019 fui coroado com essas conquistas maravilhosas. Sou jogador que gosta de novos desafios. O Flamengo em nenhum momento falou para eu procurar um novo clube, mas o Rodrigo (Caetano) entrou em contato comigo. Na mesma hora falei que tinha interesse. Escolhi porque quero novo desafio na minha vida, em um time de história, como o Inter. É trabalhar firme para conquistar muitas coisas”, disse o jogador.

O lateral iniciou os trabalhos pelo clube ainda antes da apresentação. Rodinei desembarcou em Porto Alegre no final da noite do último sábado. No domingo, ele foi ao CT do Parque Gigante e realizou um trabalho físico na academia.

Emprestado pelo Flamengo, o lateral tem vínculo com o Inter até o final do ano. Caso queira ficar com o jogador, o clube gaúcho pode exercer a opção de compra do atleta ao término do contrato por 4 milhões de euros (R$ 18,2 milhões).