Um casal foi preso preventivamente nesta quarta-feira (20), em Palmares do Sul, no litoral gaúcho, pelo crime de tortura praticado contra uma criança de apenas dois anos e oito meses de idade. A dupla é formada pelo padrasto e a mãe da vítima.

A Polícia Civil tomou conhecimento do caso depois de uma ocorrência ser registrada na Delegacia de Polícia de Palmares do Sul pelo Conselho Tutelar local, após um vídeo divulgado nas redes sociais. O homem aparece agredindo a criança no momento em que troca sua fralda e a veste, enquanto a mulher filma toda a ação.

O fato teria acontecido neste mês no Distrito de Granja Vargas. O padrasto tem 47 anos e está sendo investigado como o agressor da menina no caso, enquanto a mãe pode ter negligenciado as agressões, limitando-se a gravar a ação.

Com o casal, residiam outras crianças, uma de 6 anos e outra de um ano e oito meses. Todas são enteadas do agressor e foram afastadas do convívio familiar pelo Conselho Tutelar, colocadas em família substituta. A investigação criminal prossegue para apurar se as outras duas crianças também foram vítimas.

Casal foi preso nesta quarta-feira. (Crédito: divulgação/Polícia Civil)

Crédito: Jornal Integração