Pelotas – Será aberto um inquérito para investigar a suposta agressão de policiais militares durante uma abordagem a dois jovens, de 18 anos, na última sexta-feira, 29. De acordo com o G1, um dos jovens teria afirmado que estava buscando o colega em casa para estudarem, quando ouviu a sirene, pararam e foram agredidos pelos policiais.

“Estavam me seguindo desde a Rua Baronesa. Bateram na moto e eu parei. Quando eu tirei o capacete, gritava para eles: ‘Sou trabalhador, não sou vagabundo’. Só gritei porque sabia que eles iam me bater, pelo jeito que eles desceram do carro, com arma em punho. Eles não deram bola. Olharam tudo, estava tudo ‘ok’, não tenho ficha, nem nada, daí decidiram nos liberar. E falaram que se eu denunciasse, eles iam me pegar”, disse o jovem ao portal.

A vítima registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil na manhã desta segunda-feira, 2, além de realizar exames de corpo de delito. Ao delegado, ele afirmou não possuir CNH. O comandante da Brigada Militar de Pelotas, tenente-coronel Márcio Faccin, informou que os dois PM’s que aparecem nas imagens já foram afastados e que foi instaurado um inquérito para investigar o caso.