Theodoro mostra o pinheiro que acredita ter sido envenenado. (foto: Rogério Savian)

Dois Irmãos – Na Rua Goiás, bairro São João, o aposentado Theodoro Wendling, 81 anos, suspeita que seu pinheiro de Natal tenha sido envenenado propositalmente. A araucária fica plantada no pátio, em frente à residência. O morador ressalta que essa não é a primeira vez que passa por esse tipo de situação.

Com apoio do PP, Léo Buttenbender é eleito presidente em Dois Irmãos

Há cerca de dois anos ele cultivava pepinos em um terreno próximo de sua casa, quando a lavoura foi destruída por “herbicida secante”. No caso do pinheiro, a planta teria começado a secar há cerca de três semanas. “Acredito que a pessoa que fez isso entrou no pátio e aplicou o veneno. Moro há 26 anos no bairro São João e isso que fizeram é um desrespeito com a gente. Chega ser triste. Quem fez isso é um vagabundo, que não vale nada”, lamenta Theodoro.

Morro Reuter e Herval elegem novos presidentes de Câmaras hoje