Uma semana depois do desabamento de parte da Casa do Imigrante, em São Leopoldo, prosseguem os reparos emergenciais no imóvel. O mau tempo do último sábado acabou prejudicando os serviços, já que o terreno ficou escorregadio. Retomados na manhã de ontem, os trabalhos de limpeza e o escoramento das paredes e do restante do telhado da construção continuarão nos próximos dias.

Os serviços seguem as orientações dos técnicos do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico do Estado (Iphae), que vistoriaram o local junto com a secretária estadual da Cultura, Beatriz Araujo. A prefeitura fiscaliza os trabalhos. O desabamento parcial do imóvel histórico ocorreu na última terça-feira. O acervo do museu que funcionava na parte afetada já não estava no local em razão de infiltrações.