Advogados apresentaram a proposta de quitação do plano de recuperação judicial, que foi aceito pelos credores. (FOTO: Cleiton Zimer)

Herval/ Dois Irmãos – Uma grande vitória na história do Frigorífico Boa Vista e para o município de Santa Maria do Herval. Assim foi recebida a notícia, pelos funcionários e pelo administrador da empresa, em relação a aceitação do modificativo ao plano de recuperação judicial, na tarde dessa quarta-feira, dia 28, na segunda convocação da assembleia geral com os credores do frigorífico.

A assembleia, que foi realizada no Fórum de Dois Irmãos, estava prevista para começar às 15h, mas iniciou com atraso de 45 minutos. Vários credores, de diferentes cidades do Estado, estiverem presentes e, em votação, decidiram pela aceitação da proposta do sócio da empresa, Cristiano de Bem Cardoso, que ofertou imóveis para a quitação da dívida da empresa, que está em recuperação judicial há cerca de dois anos.

Vários funcionários da empresa, se mobilizaram e, por conta própria, vieram até o Fórum de Dois Irmãs, dando apoio para a empresa. Preocupados com a preservação dos seus empregos.

Primeira convocação

A primeira convocação da assembleia foi realizada na quarta-feira da semana passada, mas, como não obteve o quórum necessário, foi transferida para essa semana, na qual a votação ocorreu independente do quórum de cada classe presente.

Administração

A empresa, que tem 66 anos de uma história difundida em toda a região, e com quase 300 funcionários, está com um novo administrador, Cristiano de Bem Cardoso, que comprou o frigorífico já em recuperação judicial há um ano e meio.

Cogestão

No dia 23 de julho desse ano, a justiça havia determinada uma intervenção intermediária através da nomeação de um cogestor, que fez parte dos processos de tomadas de decisões junto ao proprietário da empresa, até a assembleia com os credores dessa quarta-feira

SEGURANÇA

Da mesma forma como na semana passada, a assembleia no Fórum movimentou a segurança pública. Policiais militares e civis foram acionados por precaução. Brigadianos de Dois Irmãos e Morro Reuter, com apoio do Pelotão de Operações Especiais (POE) de Sapiranga, se dividiram entre o pátio do Fórum e trecho da rua, onde dezenas de funcionários aguardavam o resultado da assembleia.