Encontro da Saúde aconteceu na tarde desta terça-feira, na Prefeitura

Estância Velha – A partir de 1º de novembro, todas as gestantes estancienses serão encaminhadas ao Hospital Centenário, para terem seus bebês. O hospital leopoldense foi Indicado pelo Estado como referência em obstetrícia, para Estância Velha e outros municípios da região. As gestantes podem chegar direto no Hospital Centenário, apresentar comprovante de residência, em Estância Velha, e serão imediatamente acolhidas e encaminhadas.

Na tarde desta terça-feira, 22, e equipe diretiva da Secretaria da Saúde, esteve reunida com as enfermeiras da rede básica de saúde, responsáveis pelo atendimento dos grupos de gestantes do município. No encontro, as enfermeiras foram orientadas do novo fluxo de encaminhamento para as gestantes na iminência do parto. Conforme o coordenador da Estratégia da Saúde da Família, Edson Couto, “o trabalho realizado nas unidades, não sofre nenhuma alteração, segue como está sendo feito, com a preparação e o acompanhamento das futuras mamães, pela nossa equipe de profissionais competentes e dedicados”, explica Edson. Durante o pré-natal as gestantes serão orientadas a procurar o Hospital Centenário, em qualquer intercorrência da gestação, e na hora do parto.

“O Hospital Centenário tem dois obstetras e anestesista 24 horas, excelentes leitos pós-parto, UTI Neonatal, e a Casa da Gestante, local onde as gestantes em risco, podem permanecer nas últimas semanas, com acompanhamento médico diário”, explica a secretária da Saúde, Lenir Reichert. Durante o pré-natal, as gestantes irão visitar a hospital, como faziam no HMGV. “O objetivo é que elas se sintam seguras em relação ao local onde terão os seus bebês”, diz Lenir.

“Caso alguma gestante venha até o Hospital Getúlio Vargas, em trabalho de parto, uma ambulância fará a transferência da gestante até o Centenário, mas o ideal é que elas se encaminhem direto, para otimizar o tempo”, diz o diretor do Hospital Ismael Nervo.