Foto: Sandra Costa

Estância Velha – Órgãos de segurança do município estiveram reunidos, com o intuito de alinharem ações para a busca de mais segurança para Estância Velha. Participaram do encontro, além de integrantes do Consepro, representantes da Polícia Civil, comissário Ricardo Barcellos Monteiro e a escrivã de Polícia Débora Botta; da Brigada Militar, sargento Vieira, capitão Fábio e tenente Boiarski, além da prefeita Ivete Grade e do diretor de Administração e Segurança Pública, Esequiel Vieira.

O encontro também marcou oficialmente, a troca do comando do Consepro – Conselho Comunitário Pró Segurança Pública, uma organização não governamental que tem como objetivo colaborar com os órgãos públicos de segurança como a Brigada Militar a Polícia Civil e Corpo de Bombeiros. Saiu o presidente da gestão 2017/2018 Daniel Arnhold e assumiu a presidência Marlon Diel que esteve acompanhado do vice-presidente José Dresch e do tesoureiro Matheus Diel.

Durante a reunião foram traçadas novas estratégias para o enfrentamento da violência e do crime em Estância Velha, assim como foi estabelecido o comprometimento de todos por ações concretas em busca de mais segurança.

AÇÕES CONCRETAS

Ficou definido que ainda antes da reunião, já agendada pelo vereador Diego Francisco, para 10 de maio, com o vice-governador e secretário da Segurança do Estado, Ranolfo Vieira Jr, integrantes da força-tarefa estanciense pretendem agendar uma reunião com o Comando Regional da Polícia Militar, em Sapiranga. Na pauta dos dois encontros está a questão de aumentar o efetivo do município. Uma das estratégias para que isso seja possível, é a captação de recursos oriundos de empresas e cidadãos que queiram colaborar com um valor mensal. Este valor arrecadado será utilizado para criar um auxílio permanência que será oferecido aos policiais que queiram trabalhar no município, como já existe em outros municípios próximos. Este benefício acaba sendo prioridade na hora dos policiais escolherem as cidades onde querem prestar serviços.