Bombeiros apontam que aguardam proprietário do local dar entrada para nova vistoria (FOTO ALEX GÜNTHER)

Linha Nova – O Corpo de Bombeiros de Portão, responsável por fazer a análise técnica na Cervejaria Taura de Linha Nova, contesta a informação repassada pelo sócio do empreendimento, Marcelo Loesch, que a empresa aguarda a visita dos bombeiros há três meses para liberar o PPCI.

O segundo sargento Gonczoroski, auxiliar da seção contra incêndios da corporação, informa que já foi emitido certificado referente a primeira etapa da análise do Plano de Prevenção Contra Incêndio do espaço, aguardando que o proprietário do local dê entrada para solicitar a vistoria para a última etapa de análise.

Se os dispositivos estiverem de acordo com o PPCI, os bombeiros emitem o alvará da corporação, para que os demais trâmites burocráticos possam ter sequência para abertura da cervejaria.

“No dia 25 de março deste ano foi feito uma nova análise do local, pois a anterior havia sido reprovada pelos Bombeiros, e então a primeira etapa foi aprovada, com emissão do certificado no dia 30 de abril. Estamos apenas no aguardo do proprietário retirar esta documentação e dar entrada para a última vistoria, o que não ocorreu até o momento”, aponta Gonczoroski.