A polícia identificou o suspeito de atropelar mãe e filha, na Avenida Aparício Borges, Zona Leste de Porto Alegre, na noite da última segunda-feira (13). A jovem Brenda Vargas Carrales, de 19 anos, morreu no local.

O veículo do causador do acidente foi apreendido em frente a uma residência da Rua Rita Barem, na Zona Leste da Capital. O carro pertence a uma locadora de veículos.

De acordo com a Polícia Civil, que investiga o caso, o motorista é morador de Porto Alegre e já foi identificado. A apresentação dele é aguardada pela polícia, mas sua identidade não será revelada com base na Lei de Abuso de Autoridade, sancionada no início de mês pelo Governo.

O ACIDENTE

Brenda Gabriele Vargas Carrales e sua mãe, Cátia Silene Vargas Moreira, de 42 anos, andavam a poucos passos da faixa de segurança quando foram atingidas pelo carro. O motorista teria fugido do local sem prestar socorro.

Mãe e filha haviam acabado de sair de um colégio particular, que fica perto do local do acidente, onde tinham acabado de fazer a matrícula de Brenda, que ganhou uma bolsa de estudos na instituição.

A jovem Brenda morreu no local do acidente. A mãe, Cátia, foi levada para o Hospital de Pronto Socorro, na Capital. Ela fraturou as duas pernas, passou por cirurgia, está estável e sendo medicada.