Batalhão de Choque de Passo Fundo se uniu ao grupo das buscas

Porto Xavier – A mega operação montada na divisa entre Campina das Missões e Porto Lucena já dura seis dias. Em média, são 150 policiais fazendo um cerco com o objetivo de capturar pelo menos mais três criminosos que atacaram a agência bancária de Porto Lucena e que resultou na morte do soldado Fabiano Heck Lunkes, 34 anos. Ele foi alvejado com um tiro de fuzil durante confronto na mata com os criminosos e morreu. Os policiais já conseguiram prender três acusados de envolvimento. As prisões aconteceram no sábado e, além de Flávio Rogério de Oliveira, o primeiro a ser preso, já estão recolhidos o policial militar aposentado Delci Engers, 59 anos, e o comparsa Ivo Zimmer, 57. No domingo, outro criminoso tentou furar o cerco policial e foi morto em confronto. Ele foi identificado como Izaquiel Gonçalvez de Souza, 52.

A morte do soldado Fabiano causou grande comoção no Estado e também deixou toda a família brigadiana enlutada. Diversas homenagens foram feitas nos municípios.