Fios e cabos em uma das ruas de Ivoti. Problema será debatido em audiência pública (Créditos: Rafael Petry)

Ivoti – Quase todo o mês, um assunto surge na Câmara: a situação dos postes nas ruas. A reclamação é sobre os fios soltos, estruturas podres e excesso de cabos. Para resolver uma das questões, o Poder Legislativo resolveu agir.

A vereadora e presidente da Câmara, Marli Heinle Gehm (MDB) apresentou uma lei para regulamentar a instalação aérea de cabos e a retirada de fios excedentes. “As instalações desordenadas são altamente perigosos para os munícipes, na medida em que sendo condutores de energia elétrica, uma vez soltos, exercem grande risco de eletrocussão”, informa a justificativa.

Marli ainda ressalta que, atualmente, não há uma legislação que regulamente a questão. “Diante do crescente aumento de fiações desordenadas, seja de telefonia, internet, TVs a cabo, energia, dentre outras, que acabam acumulando, e muitas vezes ficando em desuso”.

 O QUE É 

Se a lei for aprovada, cada empresa terá que seguir um padrão, o que facilitará a identificação quando se fizer necessário reparo, possibilitando atendimento rápido e satisfatório. A ideia, conforme o projeto, é garantir mais segurança com a retirada de fios soltos, além de amenizar o impacto visual.

O projeto estabelece que a identificação será por cores distintas, e com nome da empresa responsável pelo respectivo serviço, salvo quando o desenvolvimento tecnológico permitir compartilhamento.