Rafaella deu versão diferente da descrita no processo (Créditos: Felipe Faleiro)

Ivoti – Quatro vereadores pediram o afastamento voluntário da vereadora Rafaella Lima (PSD). O ofício, lido na sessão de segunda-feira, 6, é assinado pelos vereadores Jânio Droval (Russo), Satoshi Suzuki, Alexandre dos Santos (Borracheiro) e Márcio Guth.

Rafaella foi denunciada pelo Ministério Público pelo uso de atestados médicos frios em 2015, quando era somente funcionária pública concursada no município. O esquema teve ainda a participação de outras três pessoas.

No parecer, também com a data de hoje, os parlamentares referidos apontam que “o atestado apresentado para receber sem trabalhar corresponde à verdade dos fatos”. Ainda, que a denúncia do MP representa “indícios de fraude e desvio de recursos do contribuinte”.

Por fim, o ofício sugere que a “adoção voluntária desta atitude será a demonstração voluntária de caráter exemplar, honrado e virtuoso que possui a referida servidora”.