Delegado Waldir continua sendo o líder do PSL (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

País – O clima está tenso em Brasília. O líder do PSL na Câmara dos Deputados, delegado Waldir (GO), reclamou das ações do presidente Jair Bolsonaro. Em um áudio divulgado nos meios de comunicação, o delegado afirma que pretende “implodir” o presidente.

No áudio, o líder do PSL reclama de uma suposta articulação para que o filho do presidente, Eduardo Bolsonaro, assumisse a liderança. “Eu vou implodir o presidente. Aí eu mostro a gravação dele. Eu tenho a gravação. Não tem conversa, não tem conversa. Eu implodo o presidente. Acabou o cara. Eu sou o cara mais fiel a esse vagabundo. Eu andei no sol em 246 cidades para defender o nome desse vagabundo”.

A tentativa de tirar Waldir da liderança do PSL não deu certo. Ele continua como líder do partido na Câmara dos Deputados. Ainda sobre o áudio vazado da reunião, mais deputados reclamam das ações do presidente.

 

Confira o áudio divulgado pelo portal R7: