Ivoti – O projeto que prevê políticas públicas para os animais está dando o que falar. A sessão desta segunda-feira (18) precisou ser interrompida por conta da discussão entre a plateia e vereadores.

O morador Rodrigo Auler usou o espaço na tribuna para dizer que o projeto não é inconstitucional, com base em uma decisão do STF, e que o documento proposto contém multa.

A assessoria jurídica da Câmara já falou que o projeto é inconstitucional em vários quesitos.

Rodrigo falou também que alguns vereadores não leem todos projetos. Neste momento, a presidente Marli Heinle Gehm interrompeu a fala e pediu respeito.

Houve um bate-boca breve entre a plateia e Marli. Por fim, ela precisou interromper a sessão por cinco minutos para acalmar os ânimos.

 

Créd.: Ana Veiga