Conecte-se conosco

Destaques

Eleitores sem cadastro biométrico poderão votar em outubro

22/04/2020 - 19h13min

Atualizada em 22/04/2020 - 19h14min

Brasília – O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu nesta quarta-feira, 22, suspender o cancelamento de 2,5 milhões de títulos de eleitores que não compareceram ao processo de revisão biométrica. Conforme publicação da Agência Brasil, a suspensão ocorreu devido ao período de isolamento provocado pela pandemia do novo coronavírus. Com a medida, os eleitores estarão aptos a votar nas eleições de outubro.

As inscrições reabilitadas para o voto voltarão a figurar como canceladas no cadastro eleitoral quando da reabertura deste, após a realização do pleito. Isso significa que os eleitores terão de regularizar sua situação depois das Eleições Municipais de 2020.

Segundo o TSE, a suspensão do cancelamento ocorreu em 11 estados (AC, CE, MA, MG, MT, PA, PE, PR, RS, SC e SP). Os eleitores que estavam com pendências no documento deverão resolvê-las após as eleições.

O primeiro turno será realizado no dia 4 de outubro. Cerca de 146 milhões de eleitores estarão aptos a votar para eleger prefeitos, vice-prefeitos e vereadores nos 5.568 municípios do país.