Jorginho com a equipe técnica da escolinha Os Tigres. (foto: Divulgação)

Dois Irmãos – A Escolinha de Futsal Tigres do projeto da Tia Marlene, no Travessão, recebeu a visita do Jorge Luiz da Costa Pimentel, o Jorginho 13, que é carioca, mas mora há vários anos no Rio Grande do Sul. A visita aconteceu no dia 7 de novembro, onde Jorginho Falcão tomou um café com a equipe técnica e depois conversou com os atletas e deu autógrafos. “O Jorginho é um cara muito legal e bem simples. Adoramos ter a visita dele prestigiando o nosso trabalho”, destacou Marlene.

Motoboy assaltado ao entregar lanche em Dois Irmãos

O atleta

Jorginho deixou o Rio de Janeiro ainda adolescente para buscar seu espaço no futsal. Saído de uma comunidade pobre, chegou longe. Em 1992, ajudou a Seleção Brasileira a conquistar o Mundial da China e foi eleito o melhor jogador de futsal do mundo. Durante 15 anos, Jorginho vestiu a camisa do Brasil e de clubes nacionais e estrangeiros, entre eles os russos. Hoje, aos 50 anos, ele vive em Parobé e coordena o projeto social Jorginho 13 Cidadão Sem Diferenças, através do qual atende 180 crianças em Parobé e Taquara. Um dos pontos altos de sua carreira ocorreu na Rússia, onde atuou por sete anos, de 1999 a 2006. Primeiro brasileiro a atuar no futsal russo, Jorginho defendeu três equipes no país: Gazprom, Norilsk Nickel e Spartak Moscou. Com a camisa do Gazprom, onde atuou durante cinco anos, foi campeão da Copa Ural (1999/2000), da Copa da Rússia (2000/2001) e da Supercopa da Rússia (2001/2002).

Duas vítimas perdem mais de R$ 7 mil para golpistas em Dois Irmãos