Conecte-se conosco

Estado - País - Mundo

Goiás e Santa Catarina confirmam primeiras mortes pelo coronavírus

Moradora era do município goiano de Luziânia (Créditos: Arley Cruzper)

Goiânia – Foi confirmada, na manhã desta quinta-feira, 26, a primeira morte causada pelo novo coronavírus no estado de Goiás. Trata-se de uma senhora de 66 anos, moradora da zona rural do município de Luziânia, e que havia visitado Brasília havia dez dias. Segundo o governo estadual, ela tinha histórico de diversas doenças.

Conforme o governo, ela era hipertensa, tinha diabetes, doença pulmonar obstrutiva crônica e teve dengue recentemente, e havia sido encaminhada ontem para o Hospital de Doenças Tropicais (HDT) em Goiânia. Contudo, ela chegou ao local já em parada cardiorrespiratória. A equipe médica da unidade tentou reanimá-la, mas sem sucesso e foi constatado o óbito na sequência.

Até ontem, o estado tinha 35 casos confirmados da covid-19, sendo eles nos municípios de Goiânia (15), Rio Verde (6), Anápolis (3), Aparecida de Goiânia (2), Valparaíso de Goiás (2), Jataí (1), Catalão (1), Silvânia (1), além deste de Luziânia. Três casos confirmados por um laboratório particular ainda aguardavam a atualização da ficha com o local de residência das pessoas.

Santa Catarina

O governador do Estado confirmou, na noite desta quarta-feira, a primeira morte de um paciente infectado pelo coronavírus em Santa Catarina. O paciente do município de São José tinha 86 anos.

Em São José, que fica na Grande Florianópolis, há outros cincos pacientes sendo monitorados por estarem contaminados pelo vírus. Até a noite de ontem, Santa Catarina tinha 122 casos confirmados de coronavírus e 325 casos suspeitos.

Manifestações dos governadores

O governador goiano, Ronaldo Caiado, também se manifestou no Twitter. “Meus pêsames e todo apoio e solidariedade à família. Que Deus conforte o coração de todos”, escreveu ele.

O governado de SC postou a confirmação da morte às 23h59 de ontem.

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *