Paciente dará a luz no Hospital de Sapiranga após recorrer a outros hospitais

Estância Velha – A gestante Andriele Rafaela Amorim Gonçalves, moradora do bairro Jardim Panorâmico, em Ivoti, passou horas de angústia e preocupação, na tarde desta quarta-feira, 26.

Diabética, a gestante de 39 semanas, que realizou todo o pré-natal em Ivoti, com dores procurou o hospital, e lá foi orientada a procurar o Hospital Municipal Getúlio Vargas, em Estância Velha, que é referência em obstetrícia na região.

Chegando no HMGV, Andriele e a mãe Rosangela foram informadas que a ala de obstetrícia estava interditada, e que elas deveriam procurar outro hospital. Depois de toda a correria, nervosismo, falta de informação e de respeito com o ser humano, Andriele foi examinada e baixou o hospital em Sapiranga. O pequeno Igor estava sendo aguardado com saúde e, com certeza, já vem ao mundo com muita história para contar.

REDE ELÉTRICA

A prefeita Ivete Grade, informou que o Hospital Municipal Getúlio Vargas passará pela troca de toda a rede elétrica, e a empresa responsável pelo serviço, que venceu a licitação, iniciou pelo bloco cirúrgico. Sendo assim, os atendimentos neste local estão suspensos até a finalização da troca dos fios. O Hospital Municipal Getúlio Vargas completa 80 anos e nunca passou por uma reforma na parte elétrica.

Confira matéria completa na edição do Diário desta quinta-feira (27)