Testemunha registrou quando assaltante foi imobilizado por lutador (FOTO: EDUARDO SOARES)

Estância VelhaO assaltante rendido por um professor de lutas marciais foi reconhecido por mais duas vítimas. Conforme a Polícia Civil, após a publicação da notícia e da foto do acusado, dois moradores procuraram o Setor de Investigação e informaram terem sido atacadas por Everson Cardoso dos Santos, 30 anos.

Um destes pedestres foi alvo do criminoso no último sábado. O outro foi atacado na segunda-feira. Ambos os casos aconteceram nas proximidades de onde o assaltante foi preso na terça-feira.

Com as novas acusações, a polícia deve formalizar o indiciamento de Santos em todos os casos e representar pela preventiva do mesmo, para que seja mantido preso em razão do risco que representa à sociedade. Atualmente, o ladrão, que mora da Vila Brás, em São Leopoldo, estava em prisão domiciliar.

PRESO

Everson dos Santos (FOTO: SANDRA COSTA)

O assaltante foi capturado por volta do meio-dia desta terça-feira, quando rendeu dois pedestres e anunciou um assalto, no bairro Floresta. Uma das vítimas, no entanto, era o professor faixa preta em artes marciais, que acabou reagindo ao perceber que o criminoso apenas simulava estar armado.

O bandido chegou a pegar o celular e o notebook da primeira vítima. Quando se dirigiu para a segunda vítima, houve a reação. Bandido e vítimas entraram em luta corporal até que o lutador conseguiu imobilizá-lo. A Brigada Militar foi acionada e encaminhou o assaltante à Delegacia, onde acabou autuado em flagrante.