Conecte-se conosco

Destaques

Falta de chuva agrava cada dia mais a situação em Dois Irmãos

25/04/2020 - 08h25min

Atualizada em 26/04/2020 - 15h05min

Arroio está com nível cada vez mais baixo e já não dá mais conta da demanda (Cred. PMDI)

Dois Irmãos – O coordenador da Defesa Civil da Região Metropolitana e Litoral Norte, Major Adriano Zanini, esteve no Arroio Feitoria e avaliou a situação crítica em relação ao abastecimento de água em Dois Irmãos. Inicialmente, ele participou de uma reunião com a prefeita Tânia da Silva, vice-prefeito Jerri Meneghetti, e o coordenador da Defesa Civil local, Edson Maicá Severo.

O coordenador veio verificar “in loco” a situação e os dados encaminhados via Sistema da Defesa Civil do Estado, para homologação do Decreto Municipal de Situação de Emergência por estiagem que assola o município. Após a visita na sede da Prefeitura, o coordenador foi até a captação de água da Corsan, no bairro Navegantes. “É importante o consumo consciente e as ações para economizar de água no dia a dia”, disse a prefeita, ressaltando que os prejuízos também afetam a agricultura.

“Se tinha água represada em trechos do arroio
Segundo Maicá, após a reunião com a Defesa Civil, também foi feita uma visita de campo para avaliar trechos do Arroio Feitoria até o ponto de captação de água da Corsan. “A visita foi com o objetivo de verificar se tinha água represada em trechos do arroio para abastecer a cidade. Além disso, está sendo trazida água de Sapiranga com caminhões-pipas que auxiliam no abastecimento dos moradores de Dois Irmãos e Morro Reuter”, disse Maicá. O grupo volta a pedir que a comunidade economize água.