Conecte-se conosco

Estado - País - Mundo

Jornalista e escritor Gilberto Dimenstein morre aos 63 anos

29/05/2020 - 14h52min

São Paulo – Morreu na manhã desta sexta-feira, 29, o jornalista e escritor Gilberto Dimenstein aos 63 anos. Segundo o portal Catraca Livre, do qual Dimenstein, era fundador, ele faleceu enquanto dormia de complicações decorrentes de câncer do pâncreas que tratava há nove meses. O jornalista era casado com Anna Penido e deixou dois filhos e um neto.

Nascido em São Paulo, em 28 de agosto de 1956, Dimenstein era filho de um pernambucano de origem polonesa e de uma paraense de ascendência marroquina. Formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero, passou a maior parte da carreira no jornal Folha de S.Paulo, onde trabalhou por 28 anos. Também foi comentarista da rádio CBN e em 2009 fundou o portal Catraca Livre com a proposta de divulgar eventos culturais gratuitos na cidade de São Paulo.

Ao longo da carreira, ganhou dois prêmios Esso de jornalismo e um Jabuti, em 1993, pelo livro Cidadão de Papel, contemplado como melhor da categoria não ficção. Recebeu ainda o Prêmio Nacional de Direitos Humanos e o Prêmio Criança e Paz do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

Fonte: Agência Brasil