O jornalista Ricardo Boechat morreu na queda do helicóptero que caiu hoje de manhã no Rodoanel, em São Paulo. A informação foi confirmada pelo governo do estado.

Além de Boechat, o Corpo de Bombeiros encontrou o corpo do piloto da aeronave carbonizado. A queda ocorreu perto do quilômetro 7 do Rodoanel, sentido Castelo Branco.

Segundo a concessionária CCR Rodoanel Oeste, responsável pela administração do Rodoanel, há ainda uma terceira vítima com ferimentos. Trata-se de um motorista de caminhão.

Quem era Ricardo Boechat 

Aos 66 anos, Boechat era um dos principais nomes do jornalismo brasileiro. Além do comando do Jornal da Band, ele também era âncora da rádio  BandNews FM e tinha uma coluna semanal na revista ISTOÉ.

Filho de um diplomata brasileiro, ele nasceu em Buenos Aires quando o pai servia o Ministério das Relações Exteriores.

Boechat começou a carreira no jornalismo na década de 1970 como repórter do extinto jornal Diário de Notícias. O jornalista também passou pelo O Globo e chegou a ocupar a secretaria de Comunicação Social no governo Moreira Franco. Boechat ainda trabalhou nos jornais O Dia, O Estado de S. Paulo e Jornal do Brasil. Na Band, o apresentador chegou a ocupar o cargo de diretor de jornalismo.