Conecte-se conosco

Notícias

Ministério da Saúde orienta sobre uso de máscaras caseiras

05/04/2020 - 16h33min

Atualizada em 05/04/2020 - 16h34min

A recomendação é que as máscaras cirúrgicas e N95/PFF2 sejam priorizadas para os profissionais da linha de frente ao coronavírus

O Ministério da Saúde orienta a população para que possam produzir as suas próprias máscaras caseiras em tecido de algodão, tricoline, TNT, ou outros tecidos, que podem assegurar uma boa efetividade se forem bem desenhadas e higienizadas corretamente. A iniciativa visa combater o contágio do coronavírus (COVID-19) junto com as demais medidas recomendadas pelo Ministério da Saúde, como o distanciamento social, a etiqueta respiratória e higienização das mãos. Além disso, a recomendação é que as máscaras cirúrgicas e N95/PFF2 sejam priorizadas para os profissionais da linha de frente ao coronavírus e garantir a manutenção dos serviços de saúde.

Essas medidas, quando adotadas em conjunto, potencializam os efeitos da proteção contra o COVID-19 no país e, por isso, são tão importantes de serem adotadas por toda a população.

Como fazer uma máscara caseira

Modelo 1, usando uma camiseta
1. Corte a camiseta e espessura dupla usando como base as marcações indicadas
na figura;
2. Faça um ponto de segurança na parte inferior (para segurar ambas as toalha);
3. Insira um papel entre as camadas;
4. Amarre a alça superior ao redor do pescoço, passando por cima das orelhas;
5. Amarre a alça inferior na direção do topo da cabeça;

Modelo 2, usando costura e elástico
1. Separe o tecido que tenha disponível (tecido de algodão, tricoline, TNT, outros
têxteis), se possível, dê preferência ao tricoline.
2. Faça um molde em papel de forma no qual o tamanho da máscara permita cobrir
a boca e nariz, 21 cm altura e 34 cm largura
3. Faça a máscara usando duplo tecido.
4. Prenda e costure na extremidade da máscara um elástico, ou amarras.