Conecte-se conosco

Geral

Após pedir para morrer, menino que sofreu bulling tem “melhor dia de sua vida”

Mundo – Quaden Bayles, um menino australiano de apenas nove anos ficou conhecido no mundo inteiro após sua mãe gravar um vídeo em que ele pedia para se matar. A razão do sofrimento do garotinho é o bullying sofrido por ele na escola por conta de seu nanismo.

Porém, Quaden saiu do “pior dia de sua vida” para o melhor após entrar em campo com jogadores do seu time de rugby no campeonato da NRL, que reúne times da Austrália e Nova Zelândia. Ao entrar em campo, o garoto foi aplaudido por todo o estádio.

Apoio mundial

Quaden comoveu o mundo e recebeu apoio de grandes celebridades, como o ator Hugh Jackman, o eterno Wolwerine, e Jeffrey Dean Morgan, o Negan de The Walking Dead. Outro que mostrou seu apoio, foi o comediante Brad Williams, que também possui nanismo. Brad montou uma vaquinha virtual para arrecadar U$ 10 mil e leválo à Disney.

No Brasil, o caso ganhou repercussão após o vídeo gravado pela mãe de Quaden, Yarraka Bayles, ser compartilhado pelo vocalista da banda Fresno, Lucas Silveira. O músico afirma também ter sofrido bullyng durante a juventude e que teve depressão por conta disso.

 

Vídeo compartilhado pela mãe do menino

Quaden em dia de superstar