Conecte-se conosco

Dois Irmãos

COTIDIANO ESCOLAR: Alunos da Escola Heda Alves Nienow realizam projeto sobre nascimento dos bebês

09/05/2018 - 09h29min

Atualizada em 09/05/2018 - 14h39min

Dois Irmãos – Como nascem os bebês? Foi a partir deste questionamento que surgiu numa roda de conversa da turma que as professoras do nível A2 da Escola de Educação Infantil Heda Alves Nienow, Deloni Ott Stoffel e Isabela Correa, desenvolveram um projeto de aprendizagem, através do Programa União Faz a Vida do Sicredi, levando em consideração o interesse das crianças.

A professora Isabela conta que perceberam que no contexto do brincar acentuavam-se as questões do nascimento como forma e parte da brincadeira, onde a turma embalada em sua fantasia de criança encenava a boneca por baixo da blusa e o nascimento em sequência. “Buscamos explicar de uma forma lúdica, através da boneca de pano, a Aline, construída em conjunto com a turma. Ela ficou grávida e acompanhamos todas as etapas de desenvolvimento do pré-natal ao nascimento de um bebê, indo na Unidade Básica de Saúde do nosso Bairro. Até fizemos a Caderneta da Gestante”, explica a professora.

Leia mais:
Inscrições para expositores do 8º Salão de Negócios e Feira Agropecuária encerram no dia 18 de maio
Secretaria de Saúde realiza ações durante a Semana de Prevenção de Acidentes de Trabalho no Wirth

Na última sexta-feira (04), a enfermeira e coordenadora da Unidade Básica de Saúde do Bairro São João, Luana Seidl, a enfermeira, Lisiane Kaefer, e a agente comunitária de saúde, Adelia Vanice Volkweiss, da Unidade Básica de Saúde do Bairro São João estiveram na escola, quando a personagem de pano criada pelos alunos deu a luz a Sofia. A próxima etapa do projeto é que cada aluno poderá levar para casa o casal de personagens de pano, Aline e Luciano, e a filha Sofia. “Os alunos terão a oportunidade de levá-las para casa e cuidá-las“, disse a professora.

A Isadora Moor, 4 anos, disse que adorou o projeto. “Com o nascimento da Sofia, a nossa turma vai ter que cuidá-la. Eu nasci de cesárea”, disse ela. Já o colega de Isadora, Darlan dos Santos, 4 anos, também gostou muito do projeto. “Eu nasci de cesárea e não sabia que os bebês ficavam tanto tempo na barriga da mamãe“, disse ele.

Conteúdo EXCLUSIVO para assinantes

Faça sua assinatura digital e tenha acesso ilimitado ao site.