Conecte-se conosco

Estado

Em pleno verão: Prefeitura abre sindicância sobre compra de 40 aquecedores

10/01/2020 - 16h38min

Atualizada em 10/01/2020 - 16h39min

Garibaldi – A Prefeitura de Garibaldi abrirá sindicância para apurar a denúncia da compra de 40 aquecedores multifunções pelo triplo do valor de mercado. A Prefeitura emitiu nota Na manhã desta sexta-feira, 10, comunicando sobre a investigação dos fatos.

A Prefeitura afirmou que ainda realizou o pagamento dos aquecedores solicitados através de licitação.

No comunicado consta:

“A Prefeitura de Garibaldi informa que ainda não efetuou o pagamento dos aquecedores solicitados por meio do Pregão 117/2019 e será aberta sindicância para apuração.

Para a aquisição dos mesmos, a Prefeitura seguiu a Renem (Relação Nacional de Equipamentos e Materiais Permanentes) para o SUS do Ministério da Saúde, que dá a especificação do equipamento, bem como sugere o valor máximo de aquisição, o que pode ser consultado no site do Ministério: https://consultafns.saude.gov.br/#/equipamento.”

O EDITAL

Em 12 de novembro de 2019, a Prefeitura realizou a abertura de um edital de menor preço unitário para a aquisição de equipamentos e material permanente. Dentre os 21 produtos que seriam adquiridos, estavam os 40 aquecedores portáteis.
Depois do pregão, a Prefeitura de Garibaldi comprou os aquecedores, vencedora da licitação, pelo valor unitário de R$ 275,00. Dessa forma, o investimento foi de R$ 11.000 para a compra do equipamento.

VALOR REAL

Segundo dados do Portal Leouve, o valor unitário do mesmo produto vencedor da licitação custa em média R$ 93,33 em lojas de eletrodomésticos. Contudo, a prefeitura de Garibaldi gastou trêz vezes mais para realizar a aquisição dos bens.

Moradores do município perceberam a grande diferença de valores e fizeram a denúncia, buscando receber explicações para o gasto mal feito de recursos do município.

Fonte: Leouve

Conteúdo EXCLUSIVO para assinantes

Faça sua assinatura digital e tenha acesso ilimitado ao site.