Conecte-se conosco

Estado

Ex-namorado confessa ter matado venezuelana com ácido, na Serra

13/12/2019 - 19h29min

Atualizada em 13/12/2019 - 19h32min

O ex-namorado da venezuelana Ariana Victoria Godoy Figuera, 24 anos, que não resistiu aos ferimentos após ter sido atingida com um líquido ácido na noite de quinta-feira (12), em Caxias do Sul, confessou a autoria do crime.

Deivis Gobato Braga, 36 anos, natural de Santarém, no Pará, relatou que encontrou a ex-companheira na quinta-feira (12) e que teria derrubado sem querer o produto químico em Ariana.

O homem foi preso em flagrante e está em uma cela, onde será ouvido pela Delegada Carla Zanetti, da Delegacia da Mulher e Pelo delegado Plantonista Ives Trindade. Gobato.

O ácido utilizado é o mesmo usado nas industrias para corrosão de metais. Ele alegou que trabalha na poda de árvores e que o produto era utilizado durante o expediente. O encontro com a vítima, na data do crime não foi premeditado, segundo Deivis.

Conteúdo EXCLUSIVO para assinantes

Faça sua assinatura digital e tenha acesso ilimitado ao site.