Conecte-se conosco

Polícia

Mortos em Parobé eram colegas de Prefeitura

10/12/2019 - 13h51min

A Prefeitura de Parobé lançou uma nota de pesar em referência a Sandro Daniel de Souza, 41 anos, morto após atropelamento na ERS-239, e Eliane Conceição Bernardo, 32 anos, encontrada sem vida na casa de Sandro. As causas da morte dela ainda são apuradas pela Polícia Civil de Parobé, que está a cargo das investigações.

Sandro e Eliane trabalhavam no setor de Assistência Social do município. Ele era servidor da Prefeitura no setor do Bolsa Família, enquanto ela realizava suas funções setor do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

“O Executivo Municipal se solidariza com os familiares e amigos dos servidores da Secretaria de Assistência Social Eliane Conceição Bernardo e Sandro Daniel de Souza, falecidos na noite desta segunda-feira (09). Em virtude disto, a Secretaria de Assistência Social informa que não haverá expediente nesta terça-feira (10), voltando a atender normalmente a comunidade nesta quarta-feira (11)”, informou o Executivo.

Mortes chocaram a comunidade

Sandro e Eliane perderam a vida nesta segunda-feira, 9. Ele foi retirado em um veículo KA, na ERS-239, por motoristas que circulavam pela via. Sandro tinha sinais de auto-flagelamento, com cortes nos braços.

Após ser retirado do carro, ele correu em direção a estrada e acabou sendo atingido por um ônibus da empresa Via Sul. Chegou a ser socorrido com vida pelos bombeiros locais, porém faleceu a caminho do hospital São Francisco de Assis.

Já a morte de Eliane intriga a polícia. Ela foi encontrada na casa de Sandro por parentes dele, na rua João Knack, no bairro Guarani. Ela estava sem roupas ou marcas de agressão, porém, havia manchas de sangue pela residência. A Polícia Civil aguarda os laudos do IGP para iniciar a investigação e entender a ligação das mortes.

Conteúdo EXCLUSIVO para assinantes

Faça sua assinatura digital e tenha acesso ilimitado ao site.