Tramandaí – Cinco metralhadoras, uma submetralhadora e dois revólveres foram furtadas em uma unidade do Exército Brasileiro, na tarde desta terça-feira, no Litoral Norte.

Conforme a Polícia Civil, criminosos abriram um buraco na parede do Museu de Armas, onde fica o setor de reserva técnica do parque histórico Marechal Manoel Luis Osório, e assim tiveram acesso ao local onde as armas estavam guardadas.

A unidade do Exército fica no km 101 da ERS 030, no bairro Emboaba.

O crime, conforme a polícia, foi constatado por um soldado do Exército designado a desligar a chave geral de luz do museu.

Os revólveres levados são dos calibres 32 e 44. Duas metralhadoras são do calibre 762 e as outras quatro são do calibre 45.

Ainda conforme relatório do Exército, os bandidos levaram algumas munições velhas de calibres 32, 38 e outros calibres.

O parque tem câmeras de videomonitoramento, contudo, conforme relatos do comandante da unidade, os equipamentos não estão funcionando.

Foto ilustrativa: Gilson Abreu ANPr