Portão/Estância Velha – No final da tarde desta quinta-feira, a Polícia Civil realizou uma ação na casa em que na última terça-feira a Brigada Militar prendeu um dos autores do latrocínio ocorrido em Estância Velha, no dia 10.

Quando agentes da Polícia chegaram no local, no interior de Portão, uma surpresa: a casa estava vazia, menos de 48 horas da prisão de Rafael Santos Domingues, de 19 anos.

Quatro pessoas, que saíam do local, foram abordadas. O grupo estava em um Prisma prata, carro que pertence  esposa do chefão do tráfico de drogas da Vila Brás, conhecido como Zoreia. O traficante, por intermédio da mulher, estava capitaneando a fuga de assaltante.

Os quatro foram levados para a Delegacia de Estância Velha. O carro foi apreendido pela ligação com a fuga de Rafael. A intenção da polícia era tentar localizar algum elemento que pudesse colaborar com a investigação do latrocínio, contudo, a ação foi prejudicada pelo fato de a família do traficante ter fugido do local.