Capela de Santana – Os dois homens encontrados mortos em um matagal no interior de Capela de Santana, na manhã de ontem, foram identificados pela Polícia Civil com a ajuda do Instituto Geral de Perícias (IGP). As vítimas, que foram encontradas com os pés e mãos amarrados, são Luiz Alberto Santana Pedroso, 52 anos, e Lucas dos Santos, 31 anos, ambos moradores de Taquara.

De acordo com o delegado Ayrton Martins Júnior, da DP de Portão, as vítimas haviam sido raptadas de uma casa, no interior de Taquara, na noite de terça-feira. Ambos teriam envolvimento com o tráfico de drogas.

Os corpos de Pedroso e Santos foram encontrados, lado a lado, a Estrada da Sanga Funda, interior de Capela de Santana. No local do encontro dos cadáveres, a perícia coletou mais de 50 estojos de pistola calibre 9mm, havendo indícios de que foram dois atiradores.

“As investigações estão em andamento, tendo-se por linha de investigação possível disputa motivada pelo tráfico de drogas ilícitas na cidade de Taquara”, explicou o delegado.