Um homem chocou a comunidade de Parobé na noite desta segunda-feira, 9. A Brigada Militar foi acionada para atender uma ocorrência na ERS-239, próximo do quilômetro 42, onde um homem havia sido atropelado.

Ao chegar no local, a guarnição foi surpreendida com relatos de populares, que apontava que o rapaz havia cometido suicídio, ao se atirar em frente a um ônibus de passeio. O rapaz foi identificado como Sandro Daniel de Souza, de 41 anos, e ainda segundo relatos a BM, populares ajudaram o motorista que estava passando mal dentro do seu veículo, um Ford KA, que estava na lateral da pista.

Após ser retirado do veículo, Sandro recobrou a consciência e acabou correndo para a via onde foi atropelado. Ele chegou a ser socorrido pelos bombeiros do município ainda com vida para o hospital, porém acabou falecendo no caminho.

As testemunhas que retiraram Sandro do veículo afirmaram que o rapaz tinha cortes nos pulsos, e no interior do veículo havia um forte cheiro de gás. Então os policiais vasculharam o KA e acabaram encontrando um botijão. A Polícia Civil, no entanto, não confirma que havia vazamento no vasilhame.

Morte em casa

A Brigada Militar iniciou as investigações e tentou contatar a família de Sandro para informar da fatalidade. E para a surpresa dos policiais, foram informados que uma mulher havia sido encontrada morta na residência do rapaz.

Tratava-se de Eliane Conceição Bernardo, de 32 anos, que estava deitada na cama e sem roupas, aparentemente sem ferimentos. Pela casa, porém, havia diversos rastros de sangue. Além disso, a moto dela estava estacionada na casa. Ainda não se sabe a relação de Sandro com a mulher.

A Polícia Civil está conduzindo as investigações sobre o caso, e o Instituto Geral de Perícias foi acionado para averiguar as causas da morte. A principal linha de investigação dos agentes é que o rapaz tenha cometido o feminicídio e em seguida atentou contra a própria vida.