Acusado foi detido e confessou autoria do arrombamento (Cred. Polícia Civil)

Dois Irmãos – Em menos de um dia, a Polícia Civil conseguiu elucidar um arrombamento ocorrido no município. Os agentes em menos de 24 horas identificaram o autor do furto e o responsável pela compra da televisão furtada da casa (receptador).

O arrombamento ocorreu na manhã de quinta-feira, dia 14. O ladrão quebrou uma porta/janela e invadiu a casa, que fica no bairro Industrial. No local, foram furtadas uma televisão, jaqueta e uma serra circular. A ação só foi percebida quando as vítimas chegaram em casa do trabalho e acionaram a Brigada Militar. Após saberem dos furtos, vizinhos contaram que perceberam a presença de um homem suspeito nas redondezas da casa pela manhã e repassaram as características do suspeito. Quando os policiais receberam as informações das características , já suspeitaram de quem poderia ser e foram até a residência dele, por volta das 10 horas desta sexta-feira, dia 15, no bairro São João. Ele estava dormindo e, ao perceber a presença dos policiais e ser questionado sobre o arrombamento, confessou o crime. Também já relatou que havia vendido a televisão, avaliada em pouco mais de R$ 1 mil por R$ 150,00 a outro morador do bairro São João. “Logo depois de cometer o furto da casa, ele relatou que escondeu a televisão no matagal nos fundos da praça do bairro e, depois disso, a ofereceu para o morador, que aceitou comprar”.

AUTUADO POR RECEPTAÇÃO

O ladrão levou os agentes até a casa do comprador da televisão. A televisão foi apreendida e devolvida para a vítima. O morador, no entanto, será indiciado por receptação (por ter comprado produto furtado). “Na hora da compra, ele foi com o autor do furto buscar a televisão no mato, onde o aparelho estava escondido. A televisão valia mais de R$ 1 mil e ele adquiriu por apenas R$ 150,00”, contou o agente. O autor confesso do arrombamento irá responder por furto. Ele também está sendo investigado por outros três crimes de furto no município. Como o acusado não ficou preso, por não se tratar mais de flagrante, o nome e imagem não estão sendo divulgados.

DISSE QUE FURTOU PARA PAGAR ALUGUEL 

Durante relato aos policiais, o acusado de 28 anos deu detalhes da ação na casa da moradora e tentou justificar a atitude dizendo que estava precisando muito de dinheiro. “Nos contou que decidiu cometer o arrobamento porque precisava do dinheiro para conseguir quitar o aluguel. Essa foi a versão dele. Ele também nos confessou que é usuário de crack”, contou um dos policiais civis. O acusado já tem antecedentes criminais por violência doméstica e por furto qualificado.