CRÉDITO: DETRAN/RS

Estância Velha – Roberto Bickel, responsável pelo Centro de Formação de Condutores Bickel, manifestou-se oficialmente sobre o caso de abuso cometido pelo instrutor de auto escola, com uma aluna, na semana passada.

O CFC desde o início colaborou com as investigações e, medidas imediatas foram tomadas, como o afastamento do funcionário por justa causa.

Além da demissão imediata do acusado, foram disponibilizadas às autoridades, toda a documentação e imagens, para fins de esclarecimento do caso. “Temos um nome para zelar e sempre prezamos pelo bom atendimento e seriedade no nosso trabalho. Se ele errou deve responder judicialmente por isso”, afirma Bickel. Ainda segundo Roberto Bickel, a contratação de instrutores é muito rigorosa e exige todas as certidões de idoneidade, por isso acredita que a conduta do funcionário deve ser tratada como uma exceção. “Nosso quadro de instrutores é de muita qualidade e confiamos neles plenamente”, finaliza.

O acusado foi preventivamente suspenso por 180 dias e não poderá atuar em nenhum outro Centro de Formação do Estado, enquanto corre o processo administrativo no DETRAN. Na justiça, o processo corre em segredo de justiça, paralelamente ao processo do DETRAN