Amigos em dia de partida no Estádio Beira-Rio (Créditos: Lucas Klauck)

Ivoti – Internacional e Athletico-PR começam a decidir o título da Copa do Brasil em uma final inédita. O colorado busca o bicampeonato e os rubro-negros o primeiro caneco na competição. A primeira partida desta decisão será na Arena da Baixada, às 21h30.

E um grupo da região irá representar a torcida colorada no palco da partida. Os amigos de Ivoti – Eric Heck, Lucas Klauck e Igor Enzweiler – saíram do município às 4 horas da manhã para mais uma final no “currículo” do grupo.

Segundo Eric, eles decidiram ir ao Paraná, pois estão muito confiantes no título. “Queremos sair com pelo menos um empate, a torcida está muito empenhada e apoiando o time”, afirma Heck.

Os amigos estão presentes em todos os jogos decisivos, desde a conquista na Libertadores de 2006. “Já presenciamos dois títulos de Libertadores, uma Sul-Americana, duas Recopas e vários Gauchões”, comemora Eric.

Amigos de Ivoti estão na expectativa por mais uma final (Créditos: Lucas Klauck)

Um tabu de 27 anos

Quando o árbitro apitar o início do jogo, os colorados estarão 10 anos depois disputando uma final de Copa do Brasil. Ao contrário de 2009, querem reviver a festa da conquista de 27 anos atrás, quando o time derrotou o Fluminense no Beira Rio, com um gol de pênalti de Célio Silva nos minutos finais em 1992.

Tamanha a expectativa levou os colorados a uma grande festa no embarque da delegação, no Aeroporto Salgado Filho, na segunda-feira, 9. E no desembarque em Curitiba, inclusive com a famosa “ruas de fogo”, quando torcedores formam um corredor com sinalizadores.

Escalação

E para começar a construir essa nova conquista, o provável Inter vai a campo com: Marcelo Lomba, Bruno, Cuesta, Moledo e Wendel; Edenilson,Lindoso, Patrick e D’Alessandro; Nico Lopez e Guerrero.