Comunidade prestigiou intensamente os três dias de evento (FOTO ALEX GÜNTHER)

Lindolfo Collor – A sexta-feira marcou o fim do maior momento literário do ano no município, a 23ª Feira do Livro, que começou na quarta-feira e reservou para o público uma variada programação no Ginásio Municipal.

No último dia, os alunos das escolas Monteiro Lobato, Meno Dhein e Walter Herrmann acompanharam as atividades no espaço, aproveitando os três expositores de livro, para conferirem seus títulos favoritos.

No local também foi possível encontrar exposições de artes da rede municipal, além das estandes da Flor de Ipê, Associação dos Artesãos Artelindo, Moinho Edições Limitadas e da Biblioteca Móvel da Abelhuda.

Bate-papo com o escritor e apresentações

Durante a tarde o escritor Uili Bergamin OZ usou o espaço para conversar com as crianças. Na oportunidade, o convidado aproveitou para dividir com os presentes suas experiências de vida junto à literatura, possibilitando ainda um espaço para conversação, onde os alunos encaminharam diversas perguntas ao escritor.

À noite a comunidade ainda poderá curtir a apresentação do Projeto de Música das Escolas e a premiação do concurso de desenho da Educação Fiscal. O evento encerra com a apresentação teatral As Aventuras do Fusca a Vela, do Grupo UEBA.

“Um crescimento notório no desenvolvimento dos alunos”

O diretor de Cultura e um dos organizadores do evento, Adair Mahle, destacou que o evento deste ano apresenta sinais de crescimento com relação às edições passadas, valorizando o papel da feira na vida da comunidade. “É notória a evolução dos alunos em virtude da literatura. Nota-se que o trabalho nas escolas foi intensificado nesta questão e os resultados se percebem na prática, com a queda da reprovação escolar. E a Feira é um importante ingrediente deste cenário”, aponta.

O diretor fez um balanço do evento, considerando que a Feira do Livro atingiu plenamente as expectativas da comunidade. “O município abraçou a feira. Na quinta-feira, por exemplo, o espaço estava programado para encerrar as atividades às 19 horas. Tivemos que estender este horário para atender o fluxo de visitantes. Os funcionários do Grupo Minuano aproveitavam os intervalos para visitar os estantes. A comunidade criou um grande interesse pelo evento”, finalizou.

Confira imagens do último dia da 23ª Feira do Livro de Lindolfo Collor