Marina tinha o sorriso como uma das suas marcas registradas (Cred. Arquivo Pessoal)

Morro Reuter – O clima é de comoção pela notícia da morte repentina de Marina Sturm Skonetzky, 23 anos, moradora de Morro Reuter. Jovem bastante conhecida em Morro Reuter, onde morava, e em Santa Maria do Herval, onde trabalhou na agência do Banrisul, ela é lembrada com carinho por todos. Marina morreu na manhã desta segunda-feira, dia 15, vítima de um infarto. O velório está acontecendo na Capela Municipal de Morro Reuter e o sepultamento será nesta terça-feira, 16, às 9 horas, no Cemitério Católico de Morro Reuter. Ela deixa enlutados os pais Michel e Vânia Marisa, o irmão Davi e o namorado Anderson.

“Coração puro e alegre”

Marina é descrita pelas amigas como uma pessoa de coração puro e que sempre estava pronta para ajudar. “Nos conhecemos em 2006 e, desde então, sempre estivemos juntas, perto ou longe. A Marina sempre esteve pronta para ouvir e ajudar, nunca precisei dizer que tinha problemas, ela via na minha cara e sempre se importava. Um coração puro, uma alma alegre. Acho que o propósito dela na Terra foi unir as pessoas e passar felicidade e animação onde chegava”, disse a amiga Larissa de Souza.

“Fará muito falta a todos”

Também moradora de Morro Reuter, Jaqueline Zimmer conhecia Marina desde criança, porém, a amizade entre elas se tornou mais forte há cerca de seis anos. “É difícil falar dessa pessoa incrível e amiga que era a Marina. Foi o presente mais lindo que ganhei, uma amizade sem igual. Ela sempre estava pronta para tudo, para ajudar os outros, levava alegria aonde chegava. Com certeza fará muita falta para todos”.